Primeiros cuidados.

Com soluções caseiras, você pode evitar preocupações no dia-a-dia do recém-nascido.
Aí vai algumas dicas preciosas.

Assaduras

Notando os primeiros sinais de assadura, tire a fralda, limpe cuidadosamente o bebê apenas com água morna e deixe-o à vontade o maior tempo possível. Não use loções higiênicas, lenços umidecidos ou qualquer outro produto com composição química. Prefira os polvilhos de amido de milho e passe uma pasta feita de pomada contra assaduras e óleo de amêndoas doce.

Secreção ocular

Às vezes os canais lacrimais do bebê são estreitos e até mesmo fechados. Os olhos então lacrimejam e inflamam com facilidade. Lave-os bem com água boricada e faça uma massagem suave e circular no conduto lacrimal, localizado no canto interno dos olhos.

Sapinho

Um sistema imunológico local pouco desenvolvido favorece a instalação de fungos nas bochechas e na língua. Esses fungos manifestam-se na forma de manchas brancas que devem ser tratadas com soluções de nistatina, indicada pelo seu pediatra.

Prisão de ventre

Bebês que mamam no peito raramente tem prisão de ventre. Isso acontece com mais freqüência em bebês que tomam leite de vaca ou em pó. Um intestino preguiçoso, que demora dois ou três dias para funcionar, não significa que o bebê esteja com prisão de ventre, desde que o cocô seja mole ou pastoso. Mas se as fezes estiverem duras, ressecadas ou se houver algum sangramento, procure orientação médica.

Soluços

Os soluços são muito comuns nos primeiros meses de vida do bebê, pois os movimentos do diafragma ainda não estão bem coordenados. Mas também podem ser sintomas de que o bebê esteja passando frio. Verifique se os pezinhos estão gelados.

Espirros

Qualquer coisa afeta a mucosa do nariz do bebê: ar quente, ar frio, perfumes, roupa recém-lavada. Assim, os recém-nascidos podem espirrar várias vezes ao dia sem estar resfriados. Mas depois de três ou quatro meses os espirros diminuem. Também é comum a ressonância durante a respiração, um barulho semelhante ao ronco. Isso acontece porque seu bebê ainda não respira pela boca, mas apenas pelo nariz, que nesses primeiros dias tem uma capacidade pequena para inspirar e expirar.

Regurgitamento

Na maior parte das vezes, os regurgitamentos não significam que o bebê esteja bem alimentado. Eles podem ser sintoma de imaturidade da porção inferior do esôfago, que deixa refluir uma parte do leite. Desde que aconteçam logo depois da mamada e seu bebê não esteja perdendo peso, caso contrário é aconselhável procurar um médico. Deixe o bebê em pé durante meia hora após a amamentação, para que haja um esvaziamento gástrico mais rápido.

Manchas, espinhas e descamações

A pele do recém-nascido é muito mais sensível a fatores externos que a dos adultos. O mínimo contato com produtos químicos, por exemplo, pode causar pequenas espinhas. Evite usar amaciante e perfumes, sabão e sabonete só os neutros. Ao lavar a roupa do bebê, verifique se cada peça foi bem enxaguada. Ambiente arejados e banhos com maisena também ajudam a evitar irritações.

Resfriados

Nariz escorrendo não é doença. O mais importante nesse caso é observar se há complicações, como dor de ouvido ou febre. Para facilitar a respiração, limpe o nariz do bebê com soluções salinas. Evite dar medicamentos, que são pouco eficientes contra resfriados e deixam o bebê mole, apático.

Diarréia

Para evitar diarréias, o melhor é amamentar no peito. Se o bebê só toma leite de vaca ou em pó, está mais sujeito a infecções intestinais. Mas não suspenda as mamadeiras se ele fez cocô muito mole ou com mau cheiro, prefira alimentá-lo várias vezes ao dia, em pequenas quantidades. Um soro reidratante pode compensar a perda de líquidos e sais. Lembre-se de que o soro caseiro, tem uma fórmula especial para recém-nascidos: uma pitada de sal e um punhado de açúcar para 1 copo de 250 ml de água.

Obs: uma colher (chá) cheia de sal, usada como medida convencional no soro caseiro, pode provocar convulsões num bebê de poucos dias.

Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: