MEU REI


Bendita sejas tu mãe radiante
Que abriste as pernas com um amor profundo
E despejaste esse pequeno infante;
– Mais uma cria que Deus trás ao mundo.
.
E que o arquiteto austero do universo
Cubra de bênçãos, saúde e carinho
Essa criança que acalento em versos
E que tu acolhes no calor do ninho.
.
Bem-vindo sejas, vulnerável ser!
Junto à tua mãe eu sou e hei de ser
A esperança que em ti revive…
.
Sendo teu guardião, teu bem-querer…
Com teu amor na certa hei de esquecer
O pai inútil que outrora eu tive!
.
Nizardo Wanderley

Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: